O vestibular TOP 50 da Unifacisa é mais uma oportunidade para estudantes ingressarem em um curso de ensino superior no melhor Centro Universitário do Norte e Nordeste, que dispõe de uma estrutura completa, tecnológica e que conta com uma metodologia de ensino que une teoria e prática desde os primeiros dias de aula. São 50 bolsas distribuídas para todos os cursos de graduação da instituição – com exceção de medicina – que podem chegar até 100% de desconto durante toda a graduação.

As inscrições são gratuitas e vão até o próximo dia 05 de julho. Os interessados devem acessar o site para preencherem corretamente o formulário e, assim, efetivarem a inscrição. As provas acontecerão no dia 07 do mesmo mês, entre 9h e 19h, por meio do link que será enviado 48h antes do início da avaliação. Cada candidato terá até 2h para a conclusão do exame. Serão 30 questões objetivas e divididas igualmente entre temáticas da língua portuguesa, literatura e matemática. 

O resultado com a classificação final dos candidatos será divulgado no site até às 18h do dia 09 de julho. Serão aprovados todos aqueles que obtiverem resultado igual ou superior a 30% do total de pontos do exame. As matrículas acontecerão até o dia 26 de julho na Unifacisa.

Confira o edital completo aqui.

A comunidade acadêmica da Unifacisa se orgulha de anunciar que o neurocirurgião Luiz Severo, coordenador da pós-graduação em Medicina da Dor, presidirá uma importante sessão científica na próxima segunda-feira (10), em São Paulo. O momento será para elaboração de um documento com recomendações a governanças globais que participarão do G20.

O 1º Congresso Internacional de Inovação e Pesquisa em Educação na Saúde (CIIPES) é uma iniciativa da Weill Cornell Medicine-Qatar e da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). A participação do neurocirurgião Luiz Severo se dará com o intuito de abordar o impacto das mudanças climáticas em doenças neurológicas e pacientes com dor crônica, além de discutir com o grupo acerca de temáticas voltadas para o impacto do aquecimento global sobre a vida das populações, acesso à saúde, pobreza, vulnerabilidades, entre outros. Por meio desta sessão, jovens cientistas de diversas áreas da saúde debaterão resultados e estudos sobre os impactos das altas temperaturas na saúde e estratégias que podem ser viabilizadas junto ao encontro de governantes da cúpula.

O grupo científico fará a elaboração de um documento com recomendações das Jovens Lideranças Médicas, da Academia Nacional de Medicina, aos grupos S20 e T20, de cientistas e pensadores de inovação, respectivamente, alinhados ao G20. Este ano, o encontro da cúpula do G20 acontece no mês de novembro, no Rio de Janeiro. O Brasil ocupa a presidência rotativa do grupo. A reunião da cúpula contará com a presença de lideranças dos 19 países membros, além da União Africana e União Europeia. O encontro é o momento em que chefes de Estado e de Governo discutem e apontam caminhos para lidar com desafios globais.

Luiz Severo é neurocirurgião especialista no tratamento avançado da dor crônica; Coordenador do Centro Paraibano de Dor (Cepdor); Coordenador e professor de pós-graduação em Medicina da Dor da Unifacisa e membro do programa de Jovens Lideranças Médicas da Academia Nacional de Medicina.

A participação de Luiz Severo neste evento internacional destaca o compromisso da Unifacisa com a excelência acadêmica e a inovação na área da saúde, reafirmando nossa missão de transformar o mundo pelo exemplo.

Pela primeira vez a Paraíba estará sediando o Nordeste ON, um evento que busca fomentar a inovação e o empreendedorismo regional, que acontecerá em João Pessoa nos próximos dias 06 e 07 de junho. Durante a manhã e a tarde desta terça-feira (4), a Unifacisa realizou uma das atividades do pré-evento por meio de um tour na instituição que reuniu 100 empreendedores de diferentes startups do Nordeste.

“A participação da Unifacisa faz parte da missão técnica, onde as caravanas de empreendedorismo transitam em ecossistemas de inovação. A passagem do grupo por aqui se dá com o intuito de todos conhecerem como a nossa instituição faz inovação por meio da educação”, declarou Karina Dias, Coordenadora de Inovação e Carreiras da Unifacisa. 

Luis Carlos Alipio é empreendedor no ramo da saúde, em Natal/RN, e comentou sobre suas impressões a respeito do ecossistema Unifacisa: “só a recepção já estava bastante calorosa. A estrutura daqui é incrível e dá para ver que aqui dentro tem vários empreendedores. Os laboratórios de saúde com certeza devem fomentar muitas ideias para as jovens mentes”, disse. Já Isabela Cavalcanti, representante do SEBRAE/RN, destacou que “é muito importante fomentar esse empreendedorismo inovador no setor da educação. A Unifacisa traz a modernidade em questão de ensino e estrutura, e assim ensina aos alunos como  desempenhar suas habilidades de maneira transformadora na sociedade. Isso é muito rico e valoroso”, comentou. 

Durante os dias de evento, a Unifacisa também estará presente com sua própria caravana de alunos dos cursos de tecnologia, como as graduações em ADS, Jogos Digitais, Design Digital e Sistemas de Informação. O grupo vai apresentar suas ideias e startups já desenvolvidas dentro das salas de aula. O momento será oportuno para gerar networking e prover novas ideias.

A comissão organizadora do processo seletivo de medicina 2024.1 da Unifacisa trouxe à público o resultado das modalidades do vestibular e nota do ENEM para ingresso no curso de medicina da instituição para o primeiro semestre de 2024. As matrículas deverão ser realizadas até amanhã (05/06), de 8h às 18h, conforme edital.

Os aprovados devem acessar o link para realizar a matrícula e efetuar o login. Em seguida, ao entrar na área do candidato, é necessário solicitar a realização da pré-matrícula clicando no botão com o mesmo nome. Após esse procedimento, o candidato será redirecionado para uma nova tela com o objetivo de aceitar os termos do contrato educacional da Unifacisa e fazer o upload dos arquivos de seus documentos necessários à matrícula. Quando o carregamento for concluído, basta clicar em “SALVAR”.

Ao fim deste processo, a matrícula terá sido efetuada e o boleto será encaminhado em um prazo de até 24h.

Os estudantes da Unifacisa interessados em participar da 2° edição do Desafio Unifacisa-Babson College devem se inscrever até o próximo dia 06 de junho. Confira o edital.

Requisitos para inscrição:

Cronograma de atividades: 

Na tarde de hoje (18) aconteceu mais uma edição do vestibular do curso de Medicina da Unifacisa. O processo seletivo decidirá quais são os estudantes aptos para formarem a turma do curso referente ao semestre de 2024.2. O exame está sendo aplicado nas cidades de João Pessoa/PB, Campina Grande/PB, Santa Cruz do Capibaribe/PE e Patos/PB. Além disso, esta edição registrou uma abstenção de 14% para uma concorrência de 6,7 por vaga.

O curso de Medicina da instituição possui uma infinidade de requisitos que o colocam como uma das graduações médicas mais procuradas do estado e do Nordeste. Entre as qualidades que atraem estudantes de diversos lugares está o conceito máximo no MEC; a metodologia de ensino inovadora que foi feita em parceria com a universidade número 1 do mundo em ensino médico, a Universidade de Maastricht, na Holanda; além do alinhamento da teoria com a prática aplicada no HELP (Hospital de Ensino e Laboratórios de Pesquisa), também conhecido como o Hospital do Norte e Nordeste que é referência em atendimento humanizado e que coloca o paciente no centro do cuidado. 

Ana Tereza, natural de Belém do Brejo do Cruz, alto Sertão paraibano, é uma das muitas concorrentes que vieram de outra cidade para tentar seguir o sonho de ingressar em Medicina na Unifacisa. Segundo ela,  a instituição se destaca pela “metodologia que eu já soube que é diferenciada e que conduz o estudante à prática nos laboratórios que são super tecnológicos. Visitei a Unifacisa uma vez e me apaixonei pela estrutura, principalmente pelo anatomage. Quando o HELP foi inaugurado, eu tinha certeza que era aqui que eu queria estudar. Desde o ano passado que me preparo para a prova e espero que dessa vez dê tudo certo. Quero muito me formar médica aqui e construir muitos aprendizados no HELP”, disse.

O exame seguirá até às 18h deste sábado, mas o ingresso através da nota do ENEM se estenderá até o próximo dia 23 deste mês. O gabarito oficial estará disponível até amanhã (19) no nosso repositório acadêmico e relação dos aprovados ficará no Manual do Candidato com data a ser divulgada ainda.

Por André Bojim - Assessoria de Imprensa Unifacisa

Após obter resultados exitosos para os alunos de ambas instituições, além de propor iniciativas inovadoras para a saúde paraibana, o Desafio Unifacisa-Babson College, em 2024, chega a sua segunda edição com o intuito de continuar fomentando a inovação e o empreendedorismo na área da saúde. Por meio da Coordenação de Pesquisa e Extensão Universitária da Unifacisa e o Global Health Innovation Lab da Babson College, a parceria internacional também buscará alavancar a aprendizagem baseada na experiência.

Através da atuação de equipes de estudantes em projetos interdisciplinares e interinstitucionais, a iniciativa também fomenta o desenvolvimento econômico e social por meio da identificação e solução de problemas reais. Esta colaboração também é baseada na busca de soluções em tecnologia enquanto cultiva uma cultura em ecossistemas inovadores não apenas para os alunos da Unifacisa e da Babson, mas também para a comunidade em geral que é a principal beneficiada com a ação.

Os estudantes da Unifacisa interessados em participar devem se inscrever entre os dias 16 a 21 de maio. O programa começará a ser desenvolvido só entre agosto e dezembro de 2024. Segundo o coordenador de pesquisa e extensão da Unifacisa, Marcelo Lara, “neste novo ciclo o projeto reforça sua importância, além de fortalecer a parceria entre a Unifacisa e a Babson College. Programas internacionais de cooperação em atividades de extensão são bastante raros no Brasil e é uma grande satisfação que a instituição consiga proporcionar esta oportunidade aos seus estudantes”, concluiu. Confira o edital.

Requisitos para inscrição:

Os estudantes com perfil adequado aos projetos selecionados poderão ser convidados para participar de uma entrevista por meio do endereço de e-mail indicado no ato de inscrição. A relação dos selecionados pela comissão organizadora será publicada no portal da Unifacisa, além de comunicada aos selecionados. 

Cronograma de atividades: 

Visando dar continuidade ao cronograma de atividades que buscam ampliar o conhecimento dos discentes a respeito dos benefícios no Ecossistema, a Unifacisa, por meio do programa “Viver Unifacisa”, lançou o regulamento da “Trilha de Empreendedorismo Jovem 2024”. O material corresponde a uma competição junina, na qual os alunos poderão desenvolver competências relacionadas ao empreendedorismo no evento Viver São João.

Com o tema “Unifacisa Viver São João”, o regulamento lançado pela nova trilha permitirá que todos os alunos regularmente matriculados possam participar com equipes de no mínimo quatro pessoas e máximo de oito pessoas. Será permitido que as equipes sejam compostas por alunos de cursos diferentes no qual um único participante não poderá integrar mais de uma equipe.

A trilha será dividida em cinco fases com diferentes objetivos: 1) Divulgação e inscrição; 2) Encontros presenciais para a modelagem do negócio (Business Model Canvas); 3) Apresentação do Canvas (fase do planejamento) para uma banca avaliadora e realização dos ajustes necessários antes do evento; 4) Realização do Evento Junino (fase da execução); 5) Apresentação do Relato de Experiência com base no Canvas (planejamento x execução) e divulgação da equipe vencedora. Além disso, a conclusão de cada fase buscará resultar no desenvolvimento das seguintes competências:

Competência geral: 

Competências específicas:

As inscrições deverão ser realizadas por meio da plataforma Even3 de 15 a 20 de maio através do link. Tenha acesso ao regulamento clicando aqui.

O HackaTruck MakerSpace é um laboratório tecnológico itinerante que visa capacitar alunos de ensino superior em desenvolvimento Swift, iOS, Cloud Services com ênfase em serviços cognitivos e IoT.

Já conhecido por ser uma iniciativa que projeta capacitação profissional na área de  Tecnologia da Informação de maneira itinerante, o HackaTruck MakerSpace é um projeto de capacitação profissional tecnológica feito para estudantes de Instituição de Ensino Superior, que visa aprimorar a criatividade e a desenvolver protótipos de aplicativos e/ou soluções utilizando as tecnologias mais atuais de linguagem de programação Swift, Internet das Coisas e de serviços cognitivos em nuvem. Durante o período de 08/07 a 09/08 o veículo tecnológico estará estacionado no Centro Universitário Unifacisa para a realização de um curso sobre desenvolvimento de iOS para aplicativos móveis associados com Internet das Coisas (IoT - Internet of Things) em ambiente maker, e ênfase em conceitos e práticas de  serviços cognitivos em nuvem. 

A participação é voltada para os estudantes da instituição que realizarem um curso de ensino à distância e que participarem do processo seletivo disponível no site do projeto. Os participantes com a melhor pontuação serão selecionados para as aulas presenciais no caminhão tecnológico. Todos os concluintes das modalidades EAD e presencial têm direito a um certificado de participação, cada qual com uma carga horária distinta.

O laboratório móvel funciona como uma sala de aula e possui capacidade de 28 estudantes por período. Neste espaço são exercitados a capacidade criativa, o senso crítico, além da vivência da metodologia prática com a criação e o desenvolvimento de protótipos de aplicativos móveis. 

Segundo Karina Dias, gerente de inovação e carreiras da Unifacisa, “estamos muito felizes com a chegada do HackaTruck MakerSpace. Somos referência em formação na área da tecnologia e nossos alunos de ADS, Design, Jogos Digitais e Sistemas de Informação consolidam nossa performance de projetos relevantes. Receber iniciativas grandiosas como a do HackaTruck MakerSpace é oportunizar aos nossos alunos linguagens e aplicações com ferramentas tecnológicas de prática de mercado. Será sensacional, para nossos alunos estar em um ambiente de inovação tecnológica para desenvolver protótipos e aplicações com a IBM e parceiros, práticas para além da sala de aula e laboratórios, viver a criatividade em práticas colaborativas”, destacou. As turmas EAD serão preparatórias e eliminatórias. Os cursos são gratuitos com certificado de horas complementares. Os concluintes da etapa EAD ainda terão a chance de concorrer às vagas presenciais na mega estrutura sobre rodas.

Cronograma:

13/05: Bate-papo com os alunos da Unifacisa e o líder do programa Luís Flávio

09h e 19h - Teatro Facisa

13 a 23/06: Cadastro na plataforma do curso EAD

08/07 a 09/08: Curso presencial na Unifacisa

Saiba mais informações aqui.

Promover uma formação completa por meio da multidisciplinaridade é apenas um dos muitos diferenciais do Centro Universitário Unifacisa. Esse compromisso se dá por meio do pensamento de que este método permitirá aos estudantes um desenvolvimento profissional mais humano, ético e mais aberto às possibilidades que fujam do convencional. Este processo também permite o contato com outras áreas de conhecimento para que, juntos, os alunos possam desenvolver e promover o progresso científico e social. A partir deste fomento, torna-se comum que estudantes de diferentes cursos da instituição se unam para a realização de pesquisas ou aplicações de diferentes abordagens metodológicas. Recentemente, André de Almeida Agra Omena e Ana Raquel Silva Sousa, acadêmicos do curso de Odontologia, ao lado de Filipe de Almeida Agra Omena e Layane Sobreira Bento, acadêmicos do curso de Medicina, publicaram uma pesquisa científica na revista científica RECIMA21.

A produção do trabalho se deu a partir de um debate acerca de um caso de Artrite Idiopática Juvenil (AIJ), onde várias alterações sistêmicas, incluindo na Articulação Temporomandibular (ATM), eram apresentadas pelo paciente. Tais modificações evidenciaram desordens intraorais. “Decidimos realizar um estudo acadêmico que abordasse a interdisciplinaridade entre Medicina e Odontologia. Nosso foco foi avaliar a prevalência e as características clínicas da Disfunção Temporomandibular (DTM) em pacientes com AIJ. Para tanto, conduzimos buscas em bases de dados nacionais e internacionais. Selecionamos 11 artigos que atendiam aos nossos critérios de inclusão. A análise destes revelou que a prevalência média de DTM em pacientes juvenis é de 12%, enquanto outros estudos indicaram uma prevalência de 40% de DTM unilateral em pacientes infantis”, explicaram. A partir da coleta de resultados foi notado a necessidade de uma abordagem multidisciplinar, onde houvesse a visão dos acadêmicos em Medicina e dos acadêmicos em Odontologia.

Os estudantes também destacaram que a participação da Unifacisa se deu em vários sentidos cruciais que culminaram na aprovação e publicação do texto. Segundo eles, “a Unifacisa foi fundamental no desenvolvimento deste projeto ao proporcionar um ambiente acadêmico estimulante, onde a integração entre diferentes áreas do conhecimento é encorajada. A universidade nos ofereceu acesso a mentores qualificados e a oportunidades de discussão e colaboração com especialistas em diversas disciplinas, o que enriqueceu significativamente nosso trabalho. Além disso, o apoio institucional em termos de orientação na redação e submissão de artigos científicos foi decisivo para a aceitação do nosso estudo pela revista”, enfatizaram. Além disso, eles ainda sublinharam que a “Unifacisa tem sido uma grande motivadora no caminho da pesquisa. As experiências com pesquisas acadêmicas e projetos desenvolvidos durante a graduação impulsionaram o interesse de alguns de nós pela carreira docente e pela especialização contínua no campo da pesquisa científica”, concluíram.

O canal que publicou o trabalho dos estudantes é uma revista de renome internacional que possui presença em 76 diretórios e indexações nacionais e internacionais. Nos EUA, a revista está entre os periódicos mais referenciados em congressos e conferências acadêmicas. Já na Índia, a RECIMA21 evidencia dinamismo e a diversidade acadêmica no país. Por meio destes engajamentos, o veículo acadêmico carrega impacto e relevância global por sua alta qualidade na divulgação científica. Ter estudantes da Unifacisa como autores de um trabalho publicado na revista é o mesmo que ter a certeza de que também contribuímos para o desenvolvimento científico do mundo. O compartilhamento de conhecimento é algo fomentado na instituição e ver o que é aprendido dentro dos muros da Unifacisa alcançar escala global é motivo de orgulho para toda a instituição. A diretoria acadêmica celebra estas conquistas e incentiva os estudantes para que estes sigam buscando impactar positivamente cada vez mais a nossa sociedade.

Por André Bojim - Assessoria de Imprensa Unifacisa

Está com dúvidas?

Temos uma turma pronta para te atender!

Conheça mais opções

Fale no WhatsApp

Tire suas dúvidas
Falar agora

Ligar

83 2101 8877
Ligue agora

Deixe uma mensagem

Deixe sua mensagem e nós entramos em contato com você
Enviar mensagem

Repositório Acadêmico

Editais, portarias, resoluções e outros documentos
Acesse agora

Sou Unifacisa

Acesso aos principais ambientes para alunos e colaboradores
Acesse agora

Unidades

Unifacisa - Campus Itararé

Av. Sen. Argemiro de Figueiredo, 1901 Itararé, Campina Grande - PB 58411-020
Abrir no maps

Unifacisa/Esac - Campus Catolé

R. Luíza Bezerra Mota, 200 Catolé, Campina Grande - PB 58410-340
Abrir no maps
CESED - Centro de Ensino Superior e Desenvolvimento Ltda.
© 2024 Todos os direitos reservados.
CNPJ: 02.108.023/0001-40
Tire suas dúvidas
crossmenu